quem cola aprende?

laerte

laerte

 

virou, mexeu, ouço lamentações de professores diante do problema da “cola”, em suas provas (que muitos insistem em chamar de “avaliação”). dependendo do número de alunos na sala, fica difícil, segundo eles, dar conta das figurinhas que querem responder as perguntas da tal forma considerada ilegal. todos têm direito a responder questões com os mecanismos que puderem, o lance é respeitar o combinado, daí surge a cola.  durante as aulas, se o professor não interagiu com seu público sustentado pelo assunto da aula, então deu chance para a tal ação que tanto se repudia. cá pra nós, fazer questões avaliativas cujas respostas cabem escritas no dedo da mão, faça-me o favor. olhem, foi-se o tempo em que as avaliações primavam pela exigência de conteúdo simplesmente, sem desmembramentos de caráter argumentativo. uma avaliação cujas respostas caibam em papeizinhos escondidos na meia não é atividade que preste. ninguém pode se ver arriscando em uma avaliação. vale a pena perceber que um exame, uma prova, como queiram chamar, feita de modo inadequado (priorizando mais informação do que qualquer outra coisa) prejudica o desenvolvimento do estudante.  muita gente, brasil afora, ainda crê no exercício escrito (valendo nota) como a chave para aprovação ou índice de aprendizado de um aluno. não poder só isso.

acredito que avaliações parciais (não necessariamente a base de papel e caneta) , tarefas de casa e participação do aluno em sala, podem sim amenizar a incidência desse artifício… principalmente propor, nas avaliações, questões que exijam reflexão. claro, o professor deve também levantar a questão em reuniões (sim, reunião de professores e não “com” professores apenas), isso ajuda, uma vez que o professor não pode acreditar que educa sozinho. reclamar é muito fácil. meu papagaio também faz isso quando falta ração. agora, dividir inquietações e ouvir sugestões é sinal de aprendizado e, de repente, paz.

Sobre carneiro

letradeletra é heterônimo [ carneiro ] professor, escritor, vlogger, cozinheiro e lunático
Esse post foi publicado em educação e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para quem cola aprende?

  1. Renata Cortez disse:

    Muito bom! Vou compartilhar com os meus alunos do Curso de Letras!
    Grande Carneiro!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s