comunicando

museu wi fi como já disse o parceiro henrique subi, toda vez que um assunto novo toma os noticiários, surgem vários especialistas. penso no tal uso do celular em reuniões de trabalho ou familiares. uso de celulares no cotidiano. assunto, na verdade, deixou de ser novo, mas ainda vem carregado de preconceitos e supostas previsões apocalípticas de futuro. está na boca de gente supostamente séria que o aparelho de telefonia celular (smartphones, iphones e afins) é quem separa as pessoas. está na boca dessa mesma gente que a culpa pela desatenção em sala de aula é deles, os tais aparelhinhos que se conectam à internet. discordo. se, numa reunião familiar, há muita gente com a cara enfiada no aparelho é porque a reunião já acabou. a aula acabou. a cena aqui ao lado, mostra jovens interagindo com seus aparelhos. é ótima pra alimentar o ódio ao celular. bobagem. se eles foram ao museu empurrados por adultos sem projeto, dane-se o quadro. dane-se a arte. se eles fossem levados ao museu para interagir, para questionar, levando um mínimo de inquietação na alma, estariam usando o celular pra reforçar pesquisa. entendeu? eles podem estar sim buscando mais fontes de informação. agora, se chegaram ao museu e ficaram dispersos, a culpa não é do calor, do almoço, mas sim de quem os levou lá apenas pela obrigação, sem nenhum plano. quando há interação e algum motivo de felicidade, não há espaço pra outra coisa. a culpa não é do celular, porque justamente não é ele quem faz opções. olhem, quando existe o churrasco, o futebol, a piscina, o passeio no parque com filhos, o plantio da horta, o sexo, a partilha de carinho, não dá tempo pra se usar o telefone. se você vê muita gente numa mesa de bar usando o tal aparelho por muito tempo é porque nada mais interessa e o encontro se foi. só isso. idem para as festas familiares, já disse. e nem acredito que ele deva ser proibido, como querem os apocalípticos de plantão. o uso do celular é ferramenta ótima pra transportar informação e algum divertimento. quem me conhece, sabe que abomino essa lei de proibir aparelhos em sala de aula. o aparelho é do estudante e pode ser o relógio, pode ser seu caderno e daí? se há alunos usando o bendito aparelho em sala é porque houve problema de comunicação. uma das partes não se entendeu: ou aluno ou professor. se não há interação, a mente trabalha para o conforto. quando a aula é fraquinha e sobra a ditadura do silêncio absoluto, vem a fuga do estudante que, obrigado a ficar ali sentado sem poder interagir, acaba escolhendo quem lhe acolhe melhor: a internet. professor que entra em sala para só fazer palestra está condenado a lutar contra esses monstros do lago, loira do banheiro, redes sociais, sono, tudo… vale a pena reunir-se com outros professores, professoras e aprender que aula é para o aluno, não para o vento. humildade é tudo. perguntar é lei. poucos entendem isso. pena. quem não interage vai ficar pra fora da escola. 

Sobre carneiro

letradeletra é heterônimo [ carneiro ] professor, escritor, vlogger, cozinheiro e lunático
Esse post foi publicado em educação e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para comunicando

  1. Sonia Moraes disse:

    pois é… o que me incomoda, quando temas relacionados à educação são abordados, é o maniqueísmo político. sim, porque estamos falando de políticas educacionais (pública e privada), de política em sala de aula e vai por aí…
    penso que seja pouco detratar ou louvar essa ou aquela parafernália tecnológica.
    as relações humanas são bem mais complexas e pouca coisa neste mundo é o que parece ser…
    e viva museus em silêncio, museus em ebulição, professores e alunos bem intencionados e dispostos a interagir e não a disputar partida (eleitoral ou futebolística…).
    todo mundo ganha com a tecnologia, se o foco for aprender!

    enfim… certo ou errado? bom ou mau? bem ou mal? Seii lá, só sei que é por aí. “Ou não!” como diria Caetano……rsrsrsrs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s