Arquivo da tag: clássico

uma chance para chorar

quem são romeu e julieta não é mistério a ninguém, minimamente letrado … mas por que tanta popularidade?  tragédia shakesperiana que encanta os sonhadores e às vezes irrita quem prefere a outra dupla ofélia-hamlet … ou ainda dante-beatriz. mas o … Continuar lendo

Publicado em amor, educação, literatura | Marcado com , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

a sereia e o pescador

lendo e relendo poemas de camões, hoje, na escola (ens médio), resvalamos na questão do mal. mal com “L”. em boa parte dos sonetos do poeta luso, há a visão do amor como tragédia, tempestade, flecha fatal etc.  daí, munido … Continuar lendo

Publicado em amor, educação, literatura | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

sonetos luís de camões

sim, claro que o poetastro está no vestibular, deste ano. camões, grande camões, já dizia bocage… quem foi? como escreveu? por que é tão comentado? descubra assistindo-me !  

Publicado em amor, educação, literatura | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

o que é um clássico ?

clássico é todo livro muito bom. não vale vinícius de moraes nem john green, já aviso. é de guimarães rosa pra cima. e olhe que nem deve haver muita coisa aí pra cima desse mineiro.  

Publicado em educação, literatura | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

clássico é moderado

navegar é preciso. daí, mais um poemeto deste inabalável e inoxidável luís de camões. Leda serenidade deleitosa, Que representa em terra um paraíso; Entre rubis e perlas doce riso; Debaixo de ouro e neve cor-de-rosa; Presença moderada e graciosa, Onde … Continuar lendo

Publicado em educação, literatura | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

tremor

desejo e amor são diferentes?
siga o poema de miranda, por favor!
Continuar lendo

Publicado em amor, literatura | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

suaves e serenos

conselho sutil à amada, num discurso que mais lembra o de uma sereia mítica, vai aqui o poeta buscando o mesmo patamar da musa. este é o centésimo soneto do livro “rimas” (1595), de luís de camões. Vós que, d’olhos … Continuar lendo

Publicado em amor, educação, literatura | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

soneto um

 o volume “rythmas” (rimas), de luís de camões, saiu em 1595, exatos 520 anos atrás, se não errei a conta. apareceu 15 anos depois da morte do poetastro e, de lá pra cá, só fez ferver nossa ideia sobre lirismo, … Continuar lendo

Publicado em amor, educação, literatura | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

auto da barca do gil

navegar é preciso. até para morrer, navega-se. acho que é por isso que gosto do inoxidável “auto da barca do inferno”. preocupado com a crítica social, gil vicente adota como lema uma frase de jean de santeuil sobre a comédia: … Continuar lendo

Publicado em educação, literatura | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

caolho

pouca gente sabe, mas a ordem dos navegantes erráticos do atlântico é secular. a ordem guarda vários segredos (cadarço de couro de um sapato de darwin, esquecido na bahia; luva esquerda de rasputin – porque a mão direita estava sempre … Continuar lendo

Publicado em amor | Marcado com , , , | 1 Comentário